• glecillacolombelli

O uso de cordéis no ensino de Física

Atualizado: Mar 10

O ensino de Física pautado somente em equações e resolução de exercícios muitas vezes desmotiva os alunos do ensino básico a conhecerem e entenderem esta ciência da natureza. Neste sentido, o docente deve procurar diferentes ferramentas didáticas e estratégias que visam auxiliar o aluno na construção do seu saber e compreensão dos fenômenos físicos que ocorrem ao seu redor. Assim, o objetivo desse texto é propor o uso de cordéis para o ensino de Física onde o professor desta disciplina poderá também trabalhar em conjunto com outros professores de outras disciplinas, como o de português (literatura).

A literatura de cordel também chamada de literatura popular em verso ou ainda literatura de folhetos é um gênero literário escrito na forma rimada. O nome cordel vem da forma como esses folhetos eram vendidos, isto é, pendurados em cordas. A literatura de cordel foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelo Iphan em 2018. A leitura de cordéis nas aulas pode promover maior motivação nos alunos a aprenderem física, visto que com os cordéis eles podem discutir os versos em busca do entendimento científico por detrás da história em rimas. Além do que, o docente pode propor para os próprios alunos construírem seus cordéis com base no conceito físico estudado. Abaixo há um exemplo de cordel científico que pode ser empregado nas aulas de Física:


Figura 1: Exemplo de cordel científico

(Fonte: http://rubi.casaruibarbosa.gov.br:8080/handle/20.500.11997/6386 . Acessado em 24 de Fev. 2021)


O cordel acima foi retirado do site intitulado RUBI - Repositório Rui Barbosa de Informações Culturais. Neste site, há vários cordéis de cunho cientifico que podem ser baixados livremente. Aliás, o autor - Gonçalo Ferreira da Silva - possui outros cordéis de cunho científico. No blog chamado Física em Cordel (site: http://afisicaemcordel.blogspot.com. Acessado em: 24 Fev. de 2020) há também vários cordéis científicos que podem ser empregados nas aulas de Física, por exemplo, Pitelim e as Leis de Newton de autoria de J Lima, J Sousa, S feitosa, ou ainda, Pitelim e o estudo das cordas escrito por J. Lima, J. Sousa, e S. Feitosa, sendo que, nesse último, pode-se abordar os conceitos fundamentais da ondulatória, enquanto que, no primeiro pode-se discutir as Leis de Newton.


O uso de cordéis em sala de aula é uma ferramenta didática que pode auxiliar o docente na contextualização de suas aulas, assim como trazer reflexões sobre os temas abordados.

Posts recentes

Ver tudo

Afinal, o que é Física?

A Física é um dos campos da ciência que desde o século dezenove é dividida em campos, por exemplo, temos o campo da biologia que estuda os organismos vivos, o campo da química que estuda a interação e