• Maria Luiza Valeriano

Mulheres que mudaram o mundo

Essas mulheres enfrentaram inúmeros desafios e foram responsáveis por infinitos avanços na ciência

Os livros de ciência citam muitos nomes importantes na história da ciência. Desde Einstein ao Stephen Hawking, esses homens foram essenciais para o mundo que conhecemos hoje, mas alguns nomes faltam reconhecimento. Confira 8 cientistas mulheres que mudaram a história da ciência.


1. Bertha Lutz


Filha do médico Adolfo Lutz e da enfermeira inglesa Amy Bruce Lee, Bertha se tornou uma das biólogas mais importantes do Brasil e uma forte personagem na luta feminista. Fundou a Federação Brasileira pelo Progresso Feminino (FBPF) e, em 1932, liderou o grupo na pressão para que o presidente Getúlio Vargas modificasse o código eleitoral para permitir que as mulheres votassem.


2. Katie Bouman


A jovem cientista apresentou a primeira imagem tirada de um buraco negro. A pesquisadora liderou o desenvolvimento do programa de computador que fez com que fosse possível decodificar os dados de centenas de discos rígidos, extraídos de uma rede global de telescópios que estavam posicionados do Chile à Antártica, em 2017.


3. Marie Curie


Responsável por pesquisas pioneiras na área de radioatividade, ganhou os Prêmios Nobel da Física e da Química. Foi a descobridora dos elementos Rádio e Polônio e não patenteou o processo de isolamento do rádio, assim, permitiu que toda a comunidade científica pudesse pesquisar.


4. Rosalind Franklin


Rosalind Elsie Franklin foi uma química britânica que contribuiu para o entendimento das estruturas moleculares do DNA, RNA, vírus, carvão mineral e grafite.


5. Mamie Phipps Clark


A doutora em Psicologia foi a primeira mulher negra a ganhar o título na Universidade de Colombia e realizou pesquisas que mostraram como o racismo impacta o desenvolvimento de identidade entre crianças negras.


6. Katherine Johnson


Foi uma dos “computadores humanos”, as pessoas por trás dos cálculos por vários anos na Nasa. Seu talento para matemática a promoveu para o cargo de líder de cálculos de trajetória e a incluiu em equipes de missões para Lua e Marte.


7. Maryam Mirzakhani


A pesquisadora nasceu no Irã e foi a única mulher a ganhar a Medalha Fields, o Nobel da matemática. Suas contribuições ajudaram o avanço da geometria hiperbólica, gerando equações para compreender formas e superfícies curvas.


8. Vera Rubin


Vera Cooper Rubin foi uma astrônoma estadunidense, pioneira no estudo das curvas de rotação de galáxias espirais. Sua principal contribuição foi mostrar de maneira convincente que a velocidade de rotação nas regiões externas destas galáxias é muito maior que aquela que seria produzida por suas estrelas.


Receba nossas atualizações