• Maria Luiza Valeriano

Anel inteligente é usado contra o Coronavírus

Dois mil médicos usarão a tecnologia na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos

Segundo o jornal The San Francisco Chronical, o equipamento será usado no UCSF Medical Center e no Zuckerberg San Francisco General Hospital.


Como funciona?


O anel funciona com o mesma tecnologia de um relógio para atividades físicas. Ele monitora o sono, batimentos cardíacos e temperatura corporal, entre outros. A temperatura está sendo um indicativo daqueles portadores do Covid-19, uma vez que a febre é um dos primeiros sintomas.


Qual o objetivo?


O anel atua para além da detecção. Segundo médica do UCSF Medcial Center e líder do projeto, Ashley Mason, o dispositivo poderá coletar dados o suficiente para desenvolver um algorítimo que faça a detecção precoce. Por enquanto, o anel indica aos médicos se estão saudáveis e se é seguro continuar trabalhando para a contenção do vírus.


O equipamento custa US$ 300 (R$1510) e já é comercializado normalmente pela startup Oura. Tudo indica que a tecnologia será a maior aliada durante essa pandemia e o cruzamento de dados é um método utilizado hoje por países como Taiwan e Coreia do Sul. Os Estados Unidos está no caminho para desenvolver algorítimos para conter a crise global.



Receba nossas atualizações